É possível protestar um boleto através do Boleto Simples?

Atualizado 3 months ago por Daniel Augusto

Quando um cliente deixa de pagar um boleto, isso pode gerar prejuízos para você. Para isso existe o protesto, trata-se de um meio legal de cobrar seus clientes por um boleto vencido.

Ao ser protestado o devedor perde alguns direitos, como fazer concursos públicos, financiar imóveis, entre outros. Além de ter o nome negativado, bloqueando o acesso aos cadastros de proteção ao crédito do protestado. Essas sanções são retiradas com o pagamento da dívida.

Você pode colocar essa informação no boleto gerado no nosso sistema de maneira simples, na criação de boleto, assinatura ou carnê.

Caso você não tenha o serviço de protesto contratado no banco, a informação de protesto inserida na remessa através do Boleto Simples será ignorada pelo sistema bancário e não haverá protesto em caso de dívida.

Informando os dias corridos para protesto, essa informação vai para a remessa, notificando o banco da sua regra de protesto caso o seu cliente não realize o pagamento.

Vale lembrar que, para iniciar um protesto, é preciso que a empresa apresente um documento que comprove a dívida, como um cheque, uma duplicata mercantil ou um contrato. E, se o pagador entrar com um processo de sustação de protesto, a empresa que emitiu ele deverá comprovar a dívida no meio judicial através de um documento como uma assinatura no comprovante de entrega da NF-e ou do documento de venda.

Atualmente, através do Boleto Simples é possível protestar apenas com carteiras de cobrança do seguintes bancos:

  • Ailos
  • Banco ABC
  • Banco Industrial do Brasil (BIB)
  • Banrisul
  • Bradesco
  • Cresol
  • Daycoval
  • Itaú
  • Safra
Caso seu negócio seja um e-commerce, fique atento: o consumidor tem direito a desistir da compra e não fazer o pagamento. Portanto, o boleto não pode ser protestado.


Como você avalia esse artigo?


Powered by HelpDocs