Como gerar um Carnê através do Boleto Simples?

Atualizado 2 months ago por Rafael Lima

O Carnê é um título que comprova um empréstimo que será pago em parcelas. Na prática, trata-se de um conjunto de boletos que serão pagos mensalmente para a quitação de uma dívida por uma compra ou prestação de serviços.

Para emitir um Carnê no Boleto Simples, acesse o menu Criar e clique em Carnê.  

03081.PNG

Os primeiros passos são escolher a carteira de cobrança na qual o carnê será registrado e selecionar um modelo de boleto a ser usado, caso você já tenha criado um e deseje utilizá-lo neste carnê.

Veja como criar um modelo de boleto aqui.

A seguir, insira a Quantia correspondente a cada boleto do carnê e a data para o vencimento da Primeira cobrança. Depois, escolha a quantidade de Parcelas que serão emitidas e o Período: por exemplo, se foram 12 parcelas e o período for mensal, os pagamentos do carnê serão realizados uma vez por mês durante um ano.

Em Demonstrativo, inclua as informações sobre o produto ou serviço ao qual o carnê se refere. Abaixo do Demonstrativo, inclua as Instruções para o Caixa, como por exemplo orientações sobre onde e como cada boleto do carnê pode ser pago, a taxa de juros, multa por atraso, contato da empresa e também do banco para dúvidas, etc. Por padrão, o campo Quantidade de pagamentos parciais é deixado em branco.

03083.PNG

Logo abaixo, inclua na Multa a taxa que será cobrada no caso de atraso do pagamento e a quantidade de dias após o vencimento que a multa passará a ser cobrada. 

Essa multa não aumenta com a quantidade de dias passados desde o vencimento, ela é fixa e depende apenas do valor do boleto; sendo que você pode escolher entre inserir uma porcentagem ou um valor fixo. Por exemplo: se o valor a ser pago é R$100 reais e a multa por atraso é de 2%, serão pagos R$2,00 de multa independentemente de quantos dias houver de atraso.

Abaixo, defina os Juros. Ao contrário da multa, os juros são calculados com base no número de dias de atraso. Por exemplo: se os juros são de 1% ao mês, isso significa uma taxa de 0,033% por dia desde o vencimento. O Boleto Simples faz o cálculo automático dos Juros de Mora, somando também a Multa por atraso no valor a ser pago no boleto.

Segundo o artigo 406 do Código Civil e o artigo 161 do Código Tributário Nacional, em uma relação entre consumidor e fornecedor os Juros de Mora Mensal são limitados a 1%. Também nesse caso, segundo o artigo 52 do Código de Defesa do Consumidor, a multa por atraso de pagamento é limitada a 2%.


Após, defina o tipo de desconto e insira o valor correspondente, juntamente com os dias para desconto.

Para saber mais sobre Juros, Multa e Desconto, veja: Como configurar valores de multa, juros e desconto no boleto?

No campo Dados do Cliente, escreva a Razão Social do seu cliente e ele aparecerá logo abaixo para ser selecionado. Para fazer isso, você deve ter cadastrado o cliente no Boleto Simples. Clique aqui para ver como fazer isso.

Insira o CNPJ/CPF. Caso deseje, adicione: Apelido/Nome Fantasia, E-mail do cliente, E-mail secundário, Telefone, Celular e também o nome da pessoa com quem você tem Contato (no caso de seu cliente ser uma empresa).

Lembre-se de inserir o endereço do cliente depois. 

Você também poderá adicionar Tags neste carnê e definir um nome para o arquivo dos boletos enviados para o cliente em notificações em Anexo.

Para terminar, clique em Salvar Carnê.

Pronto! Aqui você pode acessar as principais informações sobre o carnê gerado. Para visualizá-lo, clique em Ver Carnê.

vercarne.PNG

Nessa página você vê o carnê completo com todas as faturas emitidas. O formato delas é um pouco diferente do Boleto comum: à esquerda fica o Recibo do Pagador, que o pagador pode guardar com ele e, na direita, o Boleto que será pago.

03085.PNG

Abaixo à direita estão os links para compartilhamento do carnê:

03086.PNG
Para saber mais sobre as diferenças entre Carnê, Boleto e Assinatura, leia este outro artigo.

Como você avalia esse artigo?